Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

História do RH


Bom, como primeiro artigo, nada mais justo que falarmos da história do RH.

Mas o que é realmente RH?

Na revolução industrial, o surgimento das grandes fábricas veio com uma demanda muito grande mão de obra operária. Nessa época, o operário era visto como uma extensão das máquinas, sem direitos. Eis então que surge a Relação Industrial. Classe que fazia o "meio de campo" entre os industriais e os operários. Claro que naquela época o gerenciamento de conflitos era extremamente difícil, já que os patrões só visavam o lucro e os empregados lutavam por direitos.

Com o tempo, essa Relação Industrial evoluiu para o que passou a ser chamado de Recursos Humanos. Como as pessoas ainda eram vistas como meros recursos das fábricas, o termo vinha a calhar.

Foi na década de 30 que a história começou a mudar, com uma singela legislação trabalhista esboçando alguns direitos que por muitos patrões ainda eram vistos como regalias.

Em 1943, promulgamos com muito orgulho a CLT - Consolidação das Leis Trabalhistas, obrigando as empresas a adaptarem seus "RHs" para cumprir a lei.

A partir daí, a valorização dos profissionais que trabalham na área de RH cresce constantemente. As empresas precisam estar ligadas no que está acontecendo. Quem não cuida corretamente dos seus funcionários, ou colaboradores, estará fadado ao fracasso.

Ainda existe muita confusão com as atuais nomenclaturas: Recursos Humanos, Departamento de Pessoal, Gestão de Pessoas. Mas cada uma delas tem sua função:

Recursos Humanos - Lida com funcionários. As empresas possuem diversos tipos de recursos: materiais, tecnológicos, humanos, etc. Trata de recrutamento e seleção.

Departamento de Pessoal - Cuida da parte burocrática. Contratação, pagamento, movimentação, exoneração, etc.

Gestão de Pessoas - Lida com colaboradores. As pessoas tem habilidades diferentes. A gestão de Pessoas trata de reconhecer essas habilidades, aplicando cada colaborador onde melhor renderá dentro da instituição. As pessoas aqui são vistas como seres humanos, que são diferentes, que possuem necessidades diferentes. Entender as necessidades de cada um dos colaboradores de uma empresa é um dos maiores desafios dos gestores de hoje.

Gerir recursos humanos vai além do papel. Está na capacidade de identificar talentos, direcionar qualidades, administrar conflitos e manter a casa em ordem.

Sim, estamos nos preparando pra isso.


5 comentários:

  1. Ótima explicação, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. oi eu terminei o meu curso de mkt
    agora estou querendo fazer a pós graduação de gestão de pessoa
    na area de recursos humano dentro do curso eu vou vai ter gestão de pessoa

    ResponderExcluir
  3. Excelente explicação muito bom...

    ResponderExcluir
  4. Muito bom, mas Colaborador = Funcionário. Apenas é uma maquiagem imposta pra 'motivar'.

    ResponderExcluir